Kim Kataguiri sobre Rui Costa: “não tem projeção nacional para ser presidente”. Assista

Vice-líder dos Democratas na Câmara dos Deputados, o paulista Kim Kataguiri não acredita na possibilidade do governador baiano Rui Costa concorrer ao Palácio do Planalto em 2022. “Não vejo projeção ao governador para se lançar a presidente da República”.

A declaração foi dada em entrevista exclusiva ao jornalista Pablo Reis, no Linha de Frente. O parlamentar de 23 anos esteve em Salvador, neste fim de semana, para o 3° congresso do Movimento Brasil Livre na Bahia.

Kataguiri é um dos fundadores do MBL e se filiou ao DEM para concorrer a uma vaga no congresso. “Falta mais participação no debate nacional, se ele tem essa pretensão. Uma pessoa que ainda não tem sua gestão conhecida pelo resto do país ainda não tem condições de disputar a presidência da República”.

Kataguiri é um dos membros mais articulados da sigla presidida nacionalmente pelo prefeito de Salvador ACM Neto, adversário político de Rui Costa.

A declaração ocorre justamente no momento em que a comunicação do governo divulga bastante os resultados de gestão, com corte de gastos e aumento de investimentos, colocando a Bahia numa situação de destaque nacional nesse quesito. Além disso, correligionários do governador petista começaram a usar a hashtag #RuiCostaPresidente, em postagens alusivas a conquistas do governo.

Assista o trecho da entrevista:

Siga-nos no twitter: @linhadefrenteba

KIM KATAGUIRI TEM CELULAR FURTADO DURANTE EVENTO ANTI-PT EM JUAZEIRO

O deputado federal, co-fundador e coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri (DEM), esteve na manifestação anti-PT no município de Juazeiro, região norte da Bahia, no último domingo (21/10). Durante o evento, Kim teve o celular furtado. A informação foi confirmada pela assessoria do político.

De acordo com a equipe que assessora o deputado, não houve violência, ele só percebeu a falta do aparelho quando já estava no mini trio usado na manifestação.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Carreata se concentrando em Juazeiro

Uma publicação compartilhada por Kim Kataguiri (@kimkataguiri) em

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

WAGNER GANHA DO MBL NA JUSTIÇA POR FAKENEWS

O Movimento Brasil Livre será obrigado a publicar, na página do facebook, resposta do ex-governador e candidato ao senado pela Bahia, Jaques Wagner (PT).

A desembargadora do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, Gardênia Pereira Duarte, sentenciou o MBL e os integrantes Kim Kataguiri (22 anos) e Fernando Holiday (21 anos), vereador de São Paulo pelo DEM, a concederem espaço ao candidato de 67 anos. A relatora entendeu que os jovens praticaram fakenews ao divulgarem que o ex-governador teria sido vaiado e xingado durante manifestação a favor de Lula, no dia 11 de agosto, no Shopping Barra.

A publicação de Kim e Holiday, feita no dia 12 e excluída no dia seguinte, insinuava que o ex-governador fora abordado aos gritos de “ladrão”, “cadeia” e “presidiário”. A defesa do MBL tentou alegar que a postagem foi apagada três horas depois. A juíza entendeu que o estrago na imagem do candidato já tinha sido feito e precisava ser reparado.

Sentença da juíza do TRE-BA dá ganho parcial de causa a Wagner contra Kataguiri e Holiday

A juíza, no entanto, negou o pedido de que os acusados sejam proibidos de novos posts. “O MBL mentiu, ofendeu e o TRE fez justiça. Esperamos que aprendam a lição”, declarou o coordenador da campanha de Wagner, Éden Valadares.

A página do MBL no facebook tem mais de 2,7 milhões de seguidores.

Acompanhe o nosso debate pelo www.twitter.com/linhadefrenteba

© 2019 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA