ELEIÇÕES 2022: NEM SIM, NEM NÃO

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), foi entrevistado por jornalistas do Canal Livre, da Bandeirantes, no início da semana. A jornalista Thais Herédia levantou uma das críticas feitas ao Partido dos Trabalhadores – de que não foi preparado uma nova liderança para substituir o ex-presidente Lula – e questionou se o chefe do Executivo baiano pretense se candidatar à Presidência da República em 2022, ao invés do também petista, Fernando Haddad, que perdeu as últimas eleições para Jair Bolsonaro (PSL).

Rui desconversou. Veja a resposta do governador:

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

LAVAGEM DE ROUPA SUJA PÚBLICA

A fama de “lugar para reclamar” que o Twitter ganhou há anos está sendo reforçada por Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Na rede social, o pupilo mais próximo do capitão tem demonstrado sua insatisfação com o vice-presidente, General Hamilton Mourão (PRTB).

Nesta terça-feira (23/4), o vereador do Rio de Janeiro classificou a declaração de Mourão sobre a questão do armamento civil como “pérola”. As três últimas postagens da conta de Carlos são dedicadas ao general.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

“SE PROSPERAR, VOLTO PARA PRAIA”

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) respondeu o pedido de impeachment protocolado pelo deputado federal, Marco Feliciano (Pode), contra ele de forma descontraída. “Ok. Sem comentários. Sem comentários. Isso aí é bobagem. Se prosperar, eu volto para praia. Eu estou tranquilo”.

Feliciano teria tomado a atitude de protocolar o pedido de impeachment após Mourão curtir um tuíte da jornalista Rachel Sheherazade em que dizia “Palestra do general Mourão em Harvard. Finalmente um representante do governo não nos causa vergonha alheia. Muito pelo contrário: o vice mostrou como ele e o presidente são diferentes: um é o vinho, o outro vinagre. Parabéns pela lucidez, general Mourão!”.

Para ele, Mourão está contradizendo Bolsonaro em diversos posicionamentos.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

EXPECTATIVA // REALIDADE

O deputado estadual Marcell Moraes (PV) disse, ao Linha de Frente, que se “esqueceu” da crítica feita ao humorista Danilo Gentili em 2013 quando foi protocolar o Projeto de Lei que daria a Comenda 2 de Julho ao apresentador do SBT pelos “serviços prestados à Bahia”, em 2019.

Há seis anos o parlamentar escreveu, em sua conta no Twitter: “Esse IDIOTA falando mal da NOSSA Bahia! Amanhã no plenário vou solicitar uma moção de repúdio para esse “apresentador”. RESPEITE NOSSA BAHIA!”.

Questionado pelo Linha de Frente, o parlamentar disse que “esqueceu” a crítica e que, por isso, retirou o projeto.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

‘LIKE’ DE MOURÃO FAZ FELICIANO PEDIR IMPEACHMENT DE VICE-PRESIDENTE

O deputado federal Marco Feliciano, do Podemos, protocolou um pedido de impeachment contra o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) após uma “curtida” do general na publicação da jornalista do SBT, Raquel Sheherazade, que critica o governo Bolsonaro.

Feliciano acusa Mourão de praticar crime de responsabilidade  e classifica o ato como indecoroso. “A denúncia por crime de responsabilidade contra Mourão se deu por comportamento indecoroso em várias ocasiões. Exemplo: na medida em que ele curtiu tweet de Rachel Sheherazade, detonando com o presidente Jair Bolsonaro, o louvando como melhor opção para governar o país.”

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

“É A EMOÇÃO”

O deputado do PSL, Bibo Nunes, se atrapalhou na hora de administrar o voto na manutenção ou não da pauta da Reforma da Previdência na sessão desta terça-feira (16/4) e a oposição contra a colega Maria do Rosário (PT). Durante a confusão, o parlamentar votou a favor da retirada do tema e tentou voltar atrás.

Veja: 

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

BOLSONARO COMENTA O ‘INCIDENTE” COM MÚSICO NO RIO

Cinco dias após a morte do músico Evaldo dos Santos Rosa, de 51 anos, morto no Rio de Janeiro pelo Exército Brasileiro, quando agentes dispararam 80 tiros de fuzil em direção ao carro em que estava, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) se pronunciou sobre o acontecido.

“O Exército não matou ninguém, não. O Exército é do povo e não pode acusar o povo de ser assassino, não. Houve um incidente, uma morte. Não existe essa de jogar para debaixo do tapete. Vai aparecer o responsável. Uma perícia já foi pedida para que se tenha certeza do que realmente aconteceu naquele momento e o Exército, na pessoa de seu comandante, vai se pronunciar sobre este assunto e, se for o caso, eu me pronuncio também. Nós vamos assumir a nossa responsabilidade e mostrar o que realmente aconteceu para a população brasileira”, disse o capitão.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

O DIA A DIA DE UM VIEIRA LIMA

A vida dos Vieira Lima mudou muito nos últimos meses. O ex-ministro Geddel, preso em setembro de 2017 após a Polícia Federal encontrar uma bunker de R$ 51 milhões em um apartamento no bairro da Graça, em Salvador, vive outra realidade na Papuda, em Curitiba. E Lúcio, desde que perdeu a reeleição para deputado federal nas eleições 2018, tem se ocupado com outras preocupações. Coisa de novato na vida real do brasileiro.

Agora, está obstinado a denunciar a indústria alimentícia e o consumo desenfreado. Para isso, conta com sua conta no Instagram, onde tem mostrado suas idas aos mercadinhos e açougues e, sobretudo, reclamado dos valores encontrados.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

COM A TWITTADA, MINISTRO SÉRGIO MORO

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, decidiu encurtar a distância entre os cidadãos e a pasta. Na manhã desta quinta-feira (4/4), criou uma conta na rede social Twitter exclusivamente para “divulgar os projetos e as propostas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.”

Em menos de 1h de registrada, o perfil já acumulava quase 65 mil seguidores.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

BOLSONARO NA TV ABERTA: SIM OU NÃO? O TWITTER DECIDE

O filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), Eduardo Bolsonaro, decidiu acionar os seus mais de um milhão de seguidores no Twitter para perguntar o que o brasileiro quer: “Você acha que deveria falar em rede nacional de televisão sobre fatos referentes ao governo federal?“.

Em menos de 20 minutos, a enquete já acumulava mais de 10 mil votos. Oitenta e dois porcento do público votou em “Sim”, enquanto 18% não querem ver o discurso do liberal na TV aberta.

Siga-nos no Twitter: @linhadefrenteba

© 2019 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA